AWKWARD

Você é um estranho? desajeitado, inadequado perante as pessoas.

Seja Bem vindo a AWKWARD!

Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

Clarice Lispector

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. 
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. 


Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. 
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.  É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. 
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo. 


É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam; 
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo 
vai mudar. Aprender com meus erros afinal eu posso ser sempre melhor. Ter olhos para ver e ouvir 
estrelas, embora nem sempre consiga entendê-las.


Vivedo em um mundo com tantas diferenças é incrivelmente difícil se encontrar, achar seu verdadeiro eu,formar personalidade,alcançar a tão almejada felicidade.
Há quem se diga verdadeiro e autêntico,há quem diga nunca ter falhado,mais que atire a primeira pedra aquele que não tem medo de errar e ser condenado.
Mesmo sem perceber todos nós seguimos pelo menos algum paradigma imposto pela sociedade,todos mostramos aos outros ao menos uma face que não é de verdade.
O medo de não ser aceito paralisa os atos,e mesmo aquele que seja julga real,ja deixou de fazer algo com receio de que lhe pensassem mal.
Ser diferente em um mundo de iguais,ter audácia de ser o louco em meio aos normais,impor sua verdadeira opnião,sem medo de errar,sem medo de rejeição…Somos ensinados constantemente,mas quem é que verdadeiramente absorve a lição ?


Meu maior medo é viver sozinho e não ter fé para receber um mundo diferente e não ter paz para se despedir. Meu maior medo é almoçar sozinho, jantar sozinho e me esforçar em me manter ocupado para não provocar compaixão dos garçons. Meu maior medo é ajudar as pessoas porque não sei me ajudar. Meu maior medo é desperdiçar espaço em uma cama de casal, sem acordar durante a chuva mais revolta, sem adormecer diante da chuva mais branda. Meu maior medo é a necessidade de ligar a tevê enquanto tomo banho. Meu maior medo é conversar com o rádio em engarrafamento.

Meu maior medo é enfrentar um final de semana sozinho depois de ouvir os programas de meus colegas de trabalho. Meu maior medo é a segunda-feira e me calar para não parecer estranho e anti-social. Meu maior medo é escavar a noite para encontrar um par e voltar mais solteiro do que antes. Meu maior medo é não conseguir acabar uma cerveja sozinho. Meu maior medo é a indecisão ao escolher um presente para mim.

Meu maior medo é a expectativa de dar certo na família, que não me deixa ao menos dar errado. Meu maior medo é escutar uma música, entender a letra e faltar uma companhia para concordar comigo. Meu maior medo é que a metade do rosto que apanho com a mão seja convencida a partir com a metade do rosto que não alcanço. Meu maior medo é escrever para não pensar.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • 

Fabrício Carpinejar